Terapia por Ondas de Choque
Terapia por Ondas de Choque

A terapia por ondas de choque extracorporea (ESWT – ExtraShockWaveTherapy) e utilizada em medicina há aproximadamente 25 anos. Inicialmente foi utilizada em Urologia para o tratamento da desintegração de cálculos renais. Ate então estes eram tratados cirurgicamente. Com eficácia em torno de 98% dos casos, a terapia por ondas de choque passou a ser o método ideal de tratamento devido a sua eficácia e ao menor risco quando comparado à cirurgia.

De maneira similar a ESWT e utilizada em Ortopedia para o tratamento de várias doenças do sistema músculo esquelético.

Descoberta na Alemanha, e utilizada em 37 países e considerada em alguns centros europeus como tratamento de escolha para tendinites do ombro, esporão de calcâneo, epicondilites e fraturas não consolidadas.  

E um método seguro, eficaz, e tem seu maior benefício por evitar a cirurgia, bem como os seus riscos associados a ela, não havendo em geral a necessidade de anestesia.

ESWT em Ortopedia tem como objetivo estimular o processo de reparação e cicatrização nos tendões, junções miotendineas e nos tecidos ósseos, fato completamente diferente do que acontece nas indicações em urologia, a qual se resume somente a desintegração dos cálculos renais.

Da mesma forma os aparelhos utilizados em ortopedia são específicos e em geral diferentes dos aparelhos utilizados nos hospitais para o tratamento dos cálculos renais. Esta diferença ocorre principalmente devido a focalização especifica e mais superficial nas diversas doenças do sistema músculo esquelético.

A terapia por ondas tem mudado de maneira substancial a forma de tratamento de algumas doenças na área de Ortopedia e Traumatologia, bem como nota-se uma aceitação cada vez maior desta nova terapia não invasiva dentro da comunidade dos cirurgiões ortopedistas.

Este procedimento médico e aprovado pelo FDA e CE, atualmente consta na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos, apresentando alta eficácia terapêutica e baixo custo quando comparado com os procedimentos cirúrgicos realizados nos hospitais, beneficiando os pacientes devido também aos desprezíveis efeitos colaterais e as mínimas complicações que acompanham este método não invasivo. 

 


Termo de Uso

"As informações  encontradas  no site estão de acordo com padrões vigentes à época da publicação. Mas as constantes mudanças na Medicina, resultantes das pesquisas clínicas, as diferentes opiniões entre especialistas,  e os aspectos peculiares de situações individuais, implicam na necessidade por parte do leitor, de exercer seu melhor julgamento ao tomar decisões. Em particular, o leitor é solicitado a discutir a informação obtida neste site com um profissional da saúde, sendo que este site de informação não pode e nem deve substituir uma consulta médica."

Dr. José Eid - CRM SP 43653 - TEOT 3151

PST

PST - Pulsed Signal Therapy - é uma terapia que estimula a regeneração da cartilagem pela ação de um campo magnético específico.

É um campo unidirecional pulsante, de baixa intensidade, com ondas retangulares que variam no tempo de forma complexa...

Clique aqui para saber mais