Artigos

Atendimento :

Segunda a sexta - das 8:00 as 18:00h

São Paulo :

(11) 5051-8788

Mato Grosso :

(66) 3532-4114  /  (66) 9651-1025

O que é?

A tendinite de Aquiles é uma condição que acomete o tendão do calcâneo, ou o osso do calcanhar. Conhecida também como tendinite do calcâneo, nem sempre está relacionada à um processo inflamatório, mas principalmente à uma degeneração do tendão e das fibras de colágeno causando alteração na arquitetura do tendão e consequente espessamento, tornando o tendão mais largo e espesso no local degenerado.

tendinite de aquiles 02Quando o paciente sofre com a lesão, muitas vezes lenta, por esforços repetitivos, o alinhamento das fibras do tendão apresenta uma série de microrrupturas.  Quando o problema acontece até seis centímetros acima do calcâneo é chamado de tendinite não-insercional e nestes casos, poderá causar até um rompimento do tendão gerando o agravamento na lesão. Já quando a degeneração ocorre entre o tendão e o osso calcâneo, o paciente é acometido por uma tendinite insercional.

Dos esportistas que mais sofrem com a condição, nove em cada dez casos ocorrem entre atletas praticantes de corrida. Porém, esportistas que praticam modalidades como tênis, vôlei, futebol e badminton também estão suscetíveis a uma lesão como a tendinite de Aquiles.

Felizmente essa lesão pode ser tratada com uma série de procedimentos, que variam desde o repouso, compressas de gelo, alongamento e até procedimentos cirúrgicos.

Um dos procedimentos recomendados é o tratamento por ondas de choque, método reconhecidamente seguro e eficaz, sendo uma alternativa ao tratamento cirúrgico.

 O resultado positivo do tratamento é dependente do tipo de aplicador ou gerador na área tratada, bem como o tipo de energia que deve ser utilizado.

Quais as causas?

Alterações na marcha e na mecânica da pisada também podem causar o transtorno. O desalinhamento dos pés pode propiciar má distribuição na força do tendão. Por isso muitos corredores e maratonistas sofrem com o problema.

Comumente ela está associada a esforços intensos na região e também desvios do eixo do tendão com o calcanhar, como pés pronados ou supinados. Desvios do arco dos pés ocasiona maior tração no tendão e poderá evoluir para uma sobrecarga repetitiva e micro rupturas no tendão.

O excesso de esforço no tendão de Aquiles, portanto, é o principal causador do problema. Além do mais, a lesão poderá estar associada a questões como:

- Traumas repetitivos;

- Mudanças abruptas na intensidade de treino;

- Sobrepeso;

- Atividade física que geram mudança brusca de velocidade e/ou frenagem;

- Amortecimento inapropriado no calcanhar;

- Tensionamento incomum da panturrilha ou tendão de Aquiles;

- Uso incorreto de calçados durante a prática esportiva.

Sintomas

tendinite de aquiles 03A dor no calcanhar, sobretudo ao toque, é o principal sintoma da lesão. Durante as atividades físicas, o desconforto tende a ficar mais evidente. Quando o problema é crônico, a dor é incessante. 

A tendinite de Aquiles também está associada à rigidez e dores no entorno do tendão, como no caso da panturrilha, e à limitação de movimento do tornozelo. Há casos de desconforto na sola do pé e dores intensificadas durante alongamentos.

Diagnóstico

Por meio de exames clínicos é possível constatar o problema. O médico responsável estará incumbido de identificar inflamações, espessamentos no tendão e aumento de sensibilidade da região acometida pela lesão.

Os pés devem obrigatoriamente ser examinados, já que a pisada errada  (como a pisada pronada e a pisada supinada) pode desencadear um quadro de tendinite do calcâneo.

Uma radiografia local também é de suma importância para eliminar qualquer dúvida quanto à ordem da lesão. Exames de imagem de ultrassom nos informam a arquitetura e possíveis alterações no tendão.

O exame de ressonância magnética é realizado quando o ultrassom e radiografias não são esclarecedores no diagnóstico.

Tratamento

O tratamento na grande maioria das vezes é conservador inicialmente, com medidas que variam desde o repouso até eventualmente uma intervenção cirúrgica.

Exercícios de alongamento e fortalecimento da musculatura, bem como correção de eventuais deformidades auxiliam no resultado do tratamento.

Outro procedimento médico indicado para esse problema é o tratamento por ondas de choque. Sobretudo se a reabilitação ou correção de eventuais deformidades nos pés não estiverem trazendo benefícios.

O tratamento por ondas de choque é quase sempre satisfatório, e por muitas vezes, chega a substituir cirurgias e outros procedimentos invasivos na região do calcâneo.

As informações encontradas no site estão de acordo com padrões vigentes à época da publicação. Mas as constantes mudanças na Medicina, resultantes das pesquisas clínicas, as diferentes opiniões entre especialistas, e os aspectos peculiares de situações individuais, implicam na necessidade por parte do leitor, de exercer seu melhor julgamento ao tomar decisões. Em particular, o leitor é solicitado a discutir a informação obtida neste site com um profissional da saúde, sendo que este site de informação não pode e nem deve substituir uma consulta médica.

Faça agora o pré-agendamento online de sua consulta

Nosso atendimento entrará em contato confirmando as informações.

Pré-agendar

Endereço - São Paulo

Alameda dos Jurupis, 361
Indianópolis - São Paulo, SP
CEP: 04088-000

Telefone
(11) 5051-8788
(11) 97151-2565 (WhastApp)

Endereço - Mato Grosso

Avenida dos Tarumãs, 1025
Jardim Botânico - Sinop, MT
CEP: 78556-056

Telefone
(66) 3532-4114
(66) 9651-1025
(11) 97151-2565 (WhastApp)

Responsável técnico

Dr. José Eid
CRM SP 43653
TEOT 3151